English Español Português

Assessoria de Relações
Internacionais e Intercâmbio

Depoimentos

Você já participou de um intercâmbio? Conte-nos sua experiência!

Escreva seu depoimento

Ariane Nunes Leite

Programa de Mobilidade Estudantil

miniatura Após realizar meu primeiro intercâmbio, o único sonho que eu tinha era de poder viajar novamente, e foi assim que através do PROMOBE fui selecionada para ir a Córdoba, na Argentina, depois de alguns meses de muito nervosismo com a prova de proficiência, já que o espanhol nunca havia sido um dos meus idiomas preferidos. Mesmo com todas as dificuldades relacionadas ao idioma e sobre o fato de estar longe de casa, posso dizer que Córdoba me recebeu de braços abertos e os meses em que a Argentina se tornou a minha casa foram os melhores já vividos. A Universidad Católica de Córdoba recebeu diversos intercambistas dos mais variados países e desde então sempre nos auxiliou e acompanhou até o último dia. Com seu campus principal muito arborizado e limpo, a UCC encanta por sua infraestrutura composta por uma sede e dois campus, possuindo em seu campus principal prédios separados para cada tipo de curso e uma área esportiva, além de atividades extracurriculares como o voluntariado. Posso dizer que tudo valeu a pena. Vivenciar um intercambio, ainda mais um segundo, é uma das melhores experiências da vida. Como dizem: ''Nos lugares novos, onde as sensações não estão amortecidas pelo hábito, revigoramos.'' Permita-se.

Cristal Marques

Programa de Mobilidade Estudantil

miniatura A primeira impressão que tive nas ruas de Santiago de Compostela foi a de uma viagem no tempo. Construções feitas de pedras (a maioria), ruas estreitas e, a principal característica da região da Galícia: chuva, muita chuva. Em contrapartida, devido à frequencia da chuva, não espere sair às ruas e encontrá-las desertas, a visão é de muitos Paraguas(guarda-chuvas) passeando pela cidade. A USC (Universidade de Santiago de Compostela) tem uma infraestrutura e organização admiráveis, com professores e funcionários em sua maioria, muito disponíveis e receptivos. Certamente o Campus é digno da renomeação que teve recentemente, mudando de "Campus Sul" para "Campus Vida", muito arborizado, tem diversas praças e lancherias com mesas ao ar livre. Por ser uma cidade pequena é também aconchegante e com pessoas acolhedoras, Santiago de Compostela é encantadora e proporciona novas descobertas à cada dia, tornando minha experiência aqui tão maravilhosa quanto poderia ser!

Thiago Pederzolli Machado da Silva

Programa de Mobilidade Estudantil

miniatura Bom, começo pela questão acadêmica. Vim através do PROMOBE cursar um semestre de Psicologia na renomada Universidad de Santiago de Compostela. Claro que uma parte do interesse em intercâmbio sempre parte da vontade de botar a mochila nas costas e explorar o mundo. A universidade é sensacional, o campus onde fica localizada a Faculdade de Psicologia é o Campus Sul, repleto de outros cursos, bibliotecas, cafeterias, quadras desportivas, academia. Enfim, são fornecidos toda estrutura necessária para o aluno, inclusive tendo na biblioteca central uma área para que os alunos de fora ou que moram longe do campus possam aquecer e comer suas refeições. Especificamente da psicologia, a distribuição do currículo é bem interessante, todas as disciplinas possuem uma turma teórica, onde estão presentes todos alunos matriculados na mesma e turmas práticas, que dividem-se em grupos menores e depende do professor a dinâmica, algumas são debates, outras revisões práticas do conteúdo teórico, outras para elaboração de pesquisas e por ai vai. Diferente do que estamos acostumados, prova é uma só, com o conteúdo todo e ao fim do período letivo. Os professores são acessíveis, alguns não levam em consideração muito o fato de seres intercambista, tendo que ter o desempenho, conhecimento e domínio do idioma como qualquer outro na sala, outros valorizam e procuram motivar, como foi o caso da disciplina de Psicologia e Gênero que tivemos o suporte do professor da aula prática para executarmos um trabalho transnacional com outros estudantes espanhóis e poder traçar um comparativo entre a adolescência deles e a dos brasileiros. Ademais, devido ao avanço que já me encontrava no currículo no Brasil e a conflito de horários entre as disciplinas previamente selecionadas, ao chegar aqui tive que remanejar e acabei ficando com três disciplinas do último semestre, que devido ao Estágio deles ser apenas ao final do curso, limita o último semestre a dois meses de aula. Mas, no entanto, nesses dois meses foi possível um maior aprendizado de questões tanto da psicologia, do idioma espanhol, da cultura e permitiu conhecer pessoas maravilhosas que foi o grupo do qual fiz parte no trabalho. Ainda sobre conhecer pessoas e relação com a faculdade, ao chegarmos para oficializar a matricula fomos apresentados ao Sharing Galicia, que trata-se de um grupo de intercambistas subsidiado pelo Erasmus. O grupo é responsável por organizar apresentações culturais, festas, viagens, estar presente em eventos da USC e proporcionar uma maior integração entre intercambistas e um maior contato com a cultura galega e de povos próximos. Proporcionando-me a experiência de conhecer a Neve, a cidade do Porto em Portugal e bastante sobre a história da Galicia. Sobre a cidade há muito a ser dito, mas tentarei ser breve. A cidade é extremamente acolhedora e pacata. Com seus 240km², para quem esta acostumado com Pelotas é tudo perto. Tirando o fato de ser uma cidade com muitas subidas e descidas, o que torna a caminhada um pouco cansativa. O povo é prestativo, atencioso, creio que também devido a grande contato com pessoas das mais diferentes nacionalidades por causa da peregrinação do caminho. Estou aqui a 3 meses e já perdi a conta de quantos peregrinos já cruzaram meu caminho. A vida é tanto diurna quanto noturna e independente de idade, por exemplo, as duas da manhã pode-se ver senhoras caminhando na praça ou reunidas em volta de uma mesa degustando bons vinhos. Outro porém desta região é a chuva, mas assim como os nativos é algo que já me adaptei (sim, não há outra alternativa) e aprendi até a apreciar a graça dos dias chuvosos. A cidade proporciona também uma paz de espírito difícil de descrever, são poucos os locais que tu passa que não tem uma grande parte de natureza que te obriga a refletir sobre a tua vida e seguir dali em diante sorrindo. Mas devido a ser pequena é uma cidade universitária mesmo, a partir da quinta-feira ela perde um pouco de sua movimentação com os alunos que regressam as suas cidades. Mas mesmo assim em momento ela perde a vida ou o sentimento de querer viver que ela transmite, é colocar o pé fora do prédio que faça chuva ou sol vais ter vontade de sair por ai, de admirar alguma praça, entrar em alguma rua que tu não faz a mínima ideia de onde vai parar e ficar extasiado com a beleza natural que podes acabar encontrando. Por fim, resumindo minha experiência de intercambista: É algo extremamente engrandecedor. Realmente provoca mudanças profissionais e pessoais, tu aprende a valorizar o mais simples e a acordar cada dia mais feliz e mais motivado em busca do teu melhor. O contato com diversos povos não só ajuda a quebrar pré-conceitos e evitar julgamentos infundados, como também tu acaba ajudando os outros a ver tua cultura com outros olhos. Fica a indicação de que se tu tiver a oportunidade de fazer, não pense duas vezes, dá trabalho, é desgastante, é estressante, é assustador, é em alguns pontos frustrante, mas o benefício para tua vida é extremamente superior a tudo isso.

 1 2 3 >  Última página

Após realizar meu primeiro intercâmbio, o único sonho que eu tinha era de poder viajar…


Ariane Nunes Leite

Assessoria de Relações
Internacionais e Intercâmbio
Rua Gonçalves Chaves, 373
Central de Atendimento - Campus I
Pelotas/RS - Brasil
Telefone: + 55 (53) 2128-8235
E-mail: intercambio@ucpel.edu.br

Desenvolvido por Assessoria de Comunicação e Marketing - Núcleo Web UCPel